Contador de Acesso:

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Buzios - Parte 2

Depois de um dia cansativo fomos dormir pra mim foi bem complicado, pois tinha uma cama separada pra ele, mais como ela ficava longe da nossa ele ia acabar caindo entre uma cama e outra então coloquei um criado mudo que era bem pesado em frente ao corpinho dele, pois se ele caísse não seria de cabeça no chão. Então, depois de me revirar a noite toda pensando que ele ia cair no fim ele veio a nossa cama e ficou lá até de manhã.
Tomamos um café delicioso na pousada e combinamos que de manhã ficariamos na piscina por conta do Daniel e na parte da tarde iríamos a praia. Então Daniel curtiu a beça a piscina infantil e o parquinho na pousada e agente de olho. Na hora do almoço voltamos aquele restaurante mais em conta e após fomos andando na rua principal pra vê se achávamos alguma praia. Nesse tour vimos a praia de manguinhos pelo Porto da Barra, mas o ambiente lá não era legal e resolvemos tentar chegar na praia da ferradura ou ferradurinha após perguntarmos nos informaram que a praia da ferradurinha tinhamos que voltar tudo e ir pelo canto esquerdo da praia de Geribá, mais a da Ferradura poderíamos pegar uma van e ir a té a praia. Pegamos a Van e chegando lá não viamos nada além de uma boa caminhada era um percurso de 30 a 40 minutos a pé com uma criança de 4 anos impaciente, querendo colo e pedindo pra voltarmos a pousada. Durante o caminho pensamos em desistir e que íamos acabar que nem aqueles filmes em que um louco ia nos sequestrar pra tirar nossos orgãos mais graças a Deus não foi o que aconteceu. Se a pessoa que nos informou nos avisasse da longa caminhada teríamos pegado um táxi e poderíamos curtir mais. A praia da Ferradura é linda com águas limpas, ficamos no canto esquerdo quase sem ondas na verdade só tinha uma ondinha próximo a areia e depois era calmo a água fria, tinha pouca gente pra um lugar tão lindo, pena que não tirei foto pq a câmera descarregou. Onde ficamos era um local humilde com bares acima e poucas pessoas alugando cadeiras e guarda-sol. Daniel como sempre só queria brincar na areia, mas depois que entrou na praia não queria sair, pois lá teve a liberdade que aqui nas praias no Rio ele não tem que é poder entrar no mar quase sem onda e não ter que ficar de mãos dadas pra não ser levado pelo mar. Levamos um baldinho e ficamos brincando dentro d'agua nós revesávamos um ia com ele e depois era o outro. Depois na volta várias pessoas nos ofereceram carona, mas com medo preferimos revesar com o Daniel e decidimos ir até a rua das pedras era umas 15h30, como era perto lá fomos nós andando recarregamos a bateria num posto de gasolina e fomos andando lá era uns 10 minutos de caminhada que pareceram horas por conta do sol. A rua das pedras é linda tem muitas lojas, lanchonetes como Mac Donald's, subway, bob's e etc, tinha até um parquinho que era um sonho com um ambiente refrigerado e com vários brinquedos legais, mas estava fechado. Como estávamos cansados resolvemos pegar um táxi e voltar a pousada pois não adiantava ficar lá a espera.
 
Praia de manguinhos
Fonte: Buzios Turismo
Praia da Ferradura
Fonte: Viajar pelo mundo
E aí estão gostando?
 
Bjssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss, Dani Cardão.

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Natal e as histórias aqui em casa

Esse ano com o Daniel mais entendido do assunto e como o vovô e a vovó deram a ele o presente que ele mais queria do papai noel então tivemos que conversar com ele pra que ele dissesse uma outra coisa, pois os avós já tinham comprado o patinete. Então, visitamos várias lojas de brinquedos até que ele disse o que queria então depois da viagem Daniel e eu escrevemos uma carta para o papai noel e deixamos na árvore e no dia seguinte o papai noel levou a carta e deixou umas balinhas pra ele. Foi muito divertido e emocionante. Ele amou.
Esse mês ele foi abraçar vários papais noéis e disse exatamente o que queria.
Hoje dia 25, a felicidade do meu menino ao ver que papai noel passou e deixou a árvore com presentes e abrir cada presente até encontrar o que ele mais queria. Concerteza foi um momento maravilhoso e vou guardar sempre comigo.


 

Bjssssssssssssssssssssssss, Dani Cardão.

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Búzios - Parte 1

Oi, gente prometi e voltei pra contar um pouquinho sobre as férias e dessa vez fomos passar uns dias em Búzios/RJ e foi uma experiência maravilhosa. Pena que pra se locomover lá e conhecer as praias mesmo só indo de carro, pois dependendo da praia a caminhada é muito puxada pra uma criança de 4 anos e viver de taxi é impossível pois com um mínimo de R$15 por trajeto independente da distância e sem taxímetro fica complicado e as vans não passam nas praias elas só passam pela rua principal e aí você tem que se virar. Vamos começar chegamos cedo e acabamos preso a pousada por conta das malas e passamos um pedaço da manhã e um pouco da parte da tarde aproveitando o hotel o que não foi muito bom e prometo falar mais sobre o local numa outra oportunidade. Então, almoçamos no hotel e depois de nos acomodarmos no nosso quarto fomos a praia mais próxima da pousada a de Geribá, começamos a caminhar até o lado esquerdo onde quase não tinha ondas, mas querendo ir na ferradurinha, mas o sol, o cansaço e a falta de informação nos impediu de ir até lá. Mas a praia de Geribá é linda e pra quem tá acostumada com as praias do rio que tem muitas ondas até sentia que faltava algo, o Daniel preferiu ficar na areia virando menino a milanesa e brincando com seus brinquedos na areia pena que foi uma furada ficamos num local onde nos roubaram nos preços exorbitantes no lanche e nem devolveram nosso troco então foi bem complicado. Mas, o Daniel queria mesmo era voltar pra pousada pra brincar na piscina então foi o que nós fizemos voltamos ao hotel. E à noite uma benção encontramos um local simples com comida fresquinha e saborosa à uns 8 minutos de caminhada da pousada e com um preço razoável já que lá é tudo muito caro.
 
Foto do lado esquerdo de onde nós ficamos embaixo do guarda sol.
Essa foto foi meu marido quem tirou pois dava pra ver uma bandeira do vasco e não sei se vocês vão conseguir ver.
Vista na nossa frente da Praia de Geribá (lado esquerdo) água limpinha, fria e com poucas ondas.
Bjssssssssssssssssssssssss e volto pra contar depois, Dani Cardão.

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Apresentação do Daniel na escolinha

Em sua penúltima semana de aula foi a feira pedagógica na escolinha do Daniel e mesmo eu chegando no fim, pois a escola não avisou nada (respirando fundo). A apresentação eu perdi, mas vi os trabalhinhos da turma dele e de outras turmas que estavam lindos e como fotos valem mais que palavras em alguns momentos.
 
Vou compartilhá-las com vocês:

Mural com árvores

Mural com alguns trabalhinhos

Essa mesa tinha o nome das crianças num palito...

E  trabalhinhos com material reciclável

Já essa foto foi o Daniel quem tirou bem pertinho um bichinho feito com caixinhas de leite e tem outras também que ele tirou, mas estão desfocadas e nem dá pra ver o qual o objeto.
A feirinha estava bem legal a das outras turmas estavam lindas com: brinquedos de sucata, estação de tratamento de água e etc, quase tudo com material reciclável e eu achei muito boa a proposta, pena que virou bagunça e as crianças estavam tão animadas que nem conseguiam mais explicar seus trabalhos já o Daniel foi me mostrando tudo e perguntando o que estava escrito todo bobo parecendo uma criança grande, enquanto os da turma dele estavam no parquinho ele me levou pra ver os outros trabalhinhos.
 
O que eu o Daniel gostou mais foram dos brinquedos principalmente os carrinhos feitos com material reciclável se alguém aí tiver algum modo de fazer pode me enviar que eu quero fazer com ele assim que meu marido voltar ao trabalho.
 
Gente desculpa mesmo a demora, mas é que meu marido está de férias e hoje eu tive um tempinho, mas prometo não demorar a voltar e contar pra onde famos passar um dias com o Daniel. Será que alguém descobre?
 
Bjsssssssssssssssssssssssssssssssssssssss, Dani Cardão.

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Dalmu's Churrascaria

Olá, td bem? Hoje ou falar de mais uma experiência em restaurante com criança que fou na Dalmu's Churrascaria. Meu marido, Daniel e eu resolvemos jantar fora depois de pesquizar vimos boas recomendações de lá em alguns sites de buscas e resolvemos tentar e adoramos. Chegamos lá por volta das 18h30 e a primeira coisa que Daniel viu foi um lindo aquário bem na entrada e por ele passaria a noite namorando os peixinhos, mas tinhámos que jantar. Nos sentamos e confesso ficamos um pouco perdidos, pois os garçons estavam ocupados e não sabíamos o que fazer. Então como tinhamos visto na internet que era rodizio de churrasco, massas e pizzas e que a refeição e as carnes você ia lá e se servia enquanto que as massas e pizzas vinham na mesa. Fiz um pratinho pro Daniel junto com ele querendo colocar as coisas em seu prato mesmo não tendo altura suficiente. Ele colocou ovo de codorna, batata frita, nuggets e arroz depois foi a minha vez e coloquei minha comida e peguei um pouco de churrasco e eu peguei só um pouco porque eu queria experimentar as massas. Depois, foi meu marido que adora churrasco então ele se esbaldou e como ele não é muito fã de massas. Demorou um pouco e o garçom apareceu pra nos oferecer bebidas agora quando começaram a servir as massas e as pizzas me arrependi de ter pego comida antes, pois as massas da pizza eram feitas na hora, no forno a lenha e nós vimos ele aprontar a massa, rechear e colocar no forno. A pizza era uma delícia vinha quentinha, fresquinha e no ponto e as massas com um sabor e a massa em si era macia e muito gostosa. Daniel brincou com alguns brinquedos que levamos, mas já estava cansado e queria ver os peixes então nós começamos a inventar brincadeiras, histórias para podermos jantar em paz. Daniel comeu bem e concerteza adorou até comeu um pouco do macarrão ao alho e óleo. Nós recomendamos !!!
 
Vantagens:
- Boa variedade de comida e mesmo você tendo que se levantar pra se servir eu acho que vale a visita;
- As pizzas e massas são deliciosas e servidas na mesa;
- Bom atendimento;
- Os garçons que atendiam servindo as massas e pizzas eram muito atenciosos e pergutavam sempre que pizza queriamos experimentar e etc.
 
Desvantagens:
- Não sei se era cedo demais, mas o garçom que oferece as bebidas demorou pra nos atender a primeira vez;
- Não tem salada só frutas que nem experimentamos, pois é muita coisa, né?
 
Dalmu's Churrascaria
Av. Brás de Pina, 1340 - Vila da Penha
Tel: 3391-0646

A decisão final com respeito a escolinha

Esse ano foi um ano bem difícil eu coloquei o meu menina na escola e quando chegou no meio do ano em que eu confiava plenamente na escola, na tia e estagiária o mundo desabou literalmente a tia precisou sair pra tomar conta do filho e as criança ficaram só com a estagiária e aí começou o problema eu ficava tensa e nervosa, mas com o tempo me acalmei até que ela começou a faltar teve uma semana que ela só foi dois dias nas festinhas ela nem aparecia então ela pediu as contas e não quiz ficar. Até arrumarem outra demorou muitas semanas e cada dia ficava com uma pessoa diferente misturavam eles com a outra turma, as donas da escola se revezavam, até a menina do portão ficou com eles e uma mãe de aluno, mas pelo menos essa era professora, né? Pensei várias vezes em tirá-lo da escolinha, mas eu precisava terminar o ano e precisava daquelas horinhas pra ir ao médico e fazer a faxina em casa. Aí arrumaram uma professora, trocava o material, as crianças pareciam não ter controle, mas ela era bem amorosa e derepente ela sumiu não ficou nem um mês com as crianças. Na escola informaram que a professora teve um problema dentário e nunca mais se ouviu falar nela. Foi aí que apareceu outra tia e eu em casa com os nervos a flor da pele sem confiar e a cada telefone que tocava eu pensava que era da escola. Essa pelo menos continua com eles até agora. Me parece ser bem carinhosa, faz bastante trabalhinhos com eles e até o momento não tenho do que me queixar com ela.Mas, perdi completamente a confiança de deixá-lo lá no ano que vem, pois a outra turma também enfrentou problemas com professoras e tenho medo de acontecer denovo. Então fui ver duas escolas que eram mais longas que essa, mas ainda dá pra ir andando. E no fim o preço é que me fez eu escolher a escola em que ele vai estudar, pois a diferença era grande além da caminhada até a escola.
 
Escola atual:
- 05 a 10 minutos de caminhada;
- Só a quadra e nem sei se eles faziam alguma atividade lá;
- Escola pequena;
- Nem teve conhecimentos gerais em inglês que elas tanto prometeram;
- 04 mudanças de professora;
 
Escola do ano que vem:
- 10 a 15 minutos de caminhada;
- piscina e atividades recreativas na quadra;
- De acordo com uma mãe de aluno só mudou uma vez e tem duas ajudantes na sala junto com a professora e a cada seis meses tem troca.
 
Daniel já está matriculado e espero ter feito uma boa escolha é claro que não é a escola dos meus sonhos, mas espero que consiga cuidar do meu filho e ensiná-lo.
 
E vocês me contem já enfrentaram alguma situação igual a minha?
 
Bjssssssssssssssssssssssssssssssssss, Dani Cardão.

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Ursinho Pooh e a praia

Oi, gente é tanta correria e esse final de ano parece que os dias passam voando. No feriadão o único dia de sol, na segunda, nós levamos o Daniel a praia e ele curtiu bastante já que há dois meses ele pedia pra ir e nunca dava ou tinha alguém doente, ou chovia ou o papai tava trabalhando. A praia de copacabana estava vazia, pois há dias que só chovia, mas quando o sol começou a sair a praia encheu. Pena, que tinha muita correnteza no mar e havia até placas que o Bombeiro colocou para avisar. Mas, para o Daniel isso não era problema ele brincou no rasinho mesmo, pulava nas ondas, sentava no chão pra onda molhar ele, pegou algumas conchinhas. Na areia ele virou menino a milanesa, fez castelinho, pulou, correu enfim como ele mesmo fala "Daniel esta muito feliz". Pena que nesse dia com a correria eu esqueci a camera.
 Já na terça com muita chuva resolvemos levá-lo ao shopping e depois de pesquisar bastante pela net vimos que o Ursinho pooh e sua turma estariam no Norte shopping no feriado pra tirar fotos com as crianças e no site falava até pra gente levar a câmera e etc. Então fomos lá enfrentamos uma fila bem pequena de umas 20 pessoas na frente e após uma espera de 15 ou vinte minutos tiramos algumas fotos com ele. Foi um momento muito especial ele foi correndo abracá-lo e ficou tímido pena que as fotos não ficaram boas por conta da iluminação do local. Agente faz cada coisa por eles até tirei foto com o ursinho pooh.
 
Bjssssssssssssssssssssssssssss, Dani Cardão.

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

O aniversário do meu Daniel

 
 
No dia 13 de novembro, meu anjinho fez 4 anos e eu queria que fosse especial, pois desde março ele me pede uma festinha do homem aranha e só falava nisso. Faltando pouco para seu aniversário eu resolvi fazer um bolinho na escolinha, pois sua festinha do homem aranha seria no feriado dois dias depois e eu acho que aniversário agente tem que comemorar no dia mesmo. Então conversei com meu marido, com a escola e com a minha sogra pra saber onde eu poderia fazer o bolo. Resolvi fazer brigadeiro de copinho, pipoca, sanduiche e pão de queijo e a moça faria o bolo e aniversário sem lembrancinha fica complicado então fui numa loja de festas e comprei sacolinhas plásticas escrito feliz aniversário, vela, copinhos e balinhas para o brigadeiro, doces e um brinquedinho pra cada sacolinha. Fiz um papelzinho como se fosse um convite para as crianças não faltarem no dia. Dois dias antes comecei a ensacar os doces, mas me arrependi daquelas sacolinhas, pois são muito frágeis e rasgam a toa e quase desisti das lembrancinhas coloquei até fita adesiva pra não cair os doces. Combinei com a moça um bolo do Scooby Doo, pois não queria que ele se confundisse com a festa e ficasse triste sem sua fantasia. No dia foi um corre corre as 7h da manhã tava eu fazendo brigadeiros e colocando nos copinhos, após fomos na casa dos avós pra receber um abraço depois voltamos pra eu terminar o almoço, coloquei pra assar os pães de queijo, botei as pipocas no microondas e fui ficar um pouco com meu Daniel pra ele não se sentir só. Arrumei ele pra escola e o deixei na escola pra pegar o bolo, mas o bolo não estava pronto e caiu um temporal, voltei pra casa e comecei a arrumar as coisas no carrinho de compras, pois meu marido estava preso no trânsito, desisti dos sanduiches e comecei a descer as coisas. E a propósito Daniel não sabia de nada, por isso eu me enrolei toda. Peguei uma chuva danada empurrando o carrinho cheio de coisas e cheguei na escola faltando meia hora e fui buscar o bolo, quando cheguei lá tentei pegar um táxi, mas ninguem queria nos levar por conta do bolo. Então quando resolvi levá-lo na chuva mesmo meu marido chegou e levou o bolo pelo caminho e fui com ele. Chegamos ´lá as meninas da escola já tinha arrumado tudo tinha toalha na mesa, o refri na geladeira, os copinhos numa bandeja e fomos arrumar o resto. Então quando tudo estava pronto chamaram as crianças e eu não me contive fiquei emocionada ao ver o Daniel. Ele ficou maravilhado e nos deu um abraço apertado e foi sentar com os amiguinhos. Meu marido e eu nos dividimos e enquanto um enchia os copos com pipoca e refri o outro servia e as crianças rindo, brincando, lanchando e só um não quiz pipoca e preferi o seu lanche, mas mesmo assim foi muito bom. Tiramos fotos dele no bolo, mamãe e papai no bolo, com seus amiguinhos e foi muito bom. Depois cantamos parabéns, cortamos o bolo, depois ainda alguns amigos trouxeram presentes e é incrivel a felicidade das crianças ao esperar pra ver o amigo abrir o presente. Depois voltamos pra casa e a chuva já tinha acabado e Daniel preferiu voltar conosco pra casa. Em casa, ele brincou com seus novos brinquedos e estava muito feliz. Dois dias depois sua festinha foi num salão de festas e também foi muito bom, mas com o bolo e a mesa do homem aranha e Daniel brincou a beça nos brinquedos, tirou muitas fotos, fez uma tatuagem no braço de um relógio do lanterna verde, Na hora do parabéns eu coloquei a fantasia do homem aranha nele e fomos cantar parabéns no meio da cantoria ele tirou a máscara e disse "sou eu, o Daniel eu fiquei toda boba,foi um momento especial pra ele tenho certeza, pois pela primeira vez em quatro anos ele se comportou muito bem durante a festinha e nos deixou orgulhosos.
 
Parabéns mais uma vez ao meu menino e que você seja sempre essa criança maravilhosa que esbanja felicidade e muita energia.
 
Bjsssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss, Dani Cardão.

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Parque dos Patins

Oi, gente estive com umas férias forçadas e por isso estou atrasada com várias coisas e me desculpem , mas prometo regularizar tudo por aqui. Sabem, aquele momento em que você tem que deixar tudo pela suas prioridades pessoais e principalmente pelo aniversário de 4 anos do meu Daniel que foi demais.
Primeiro, vamos aos poucos, desde que a Chris do Inventando com a Mamãe escreveu um post sobre os novos brinquedos no parque dos patins eu fiquei com muita vontade de levar o Daniel e ia até a lagoa, mas agente acabava por não encontrar o parque. Então um dia desses resolvemos tentar e de acordo com um site do metrô de ipanema até o parque seriam 20 minutos de caminhada e fomos. Depois de mais de uma hora no metro chegamos na estação e acreditem nenhum guarda ou até mesmo jornaleiros e estc ninguém sabia onde ficava esse parque até que meu marido teve a idéia de perguntar como chegávamos a lagoa e uma pessoa nos informou e quando chegamos lá perguntamos a vendedora se era muito longe e onde ficava a moça nos informou que andariamos um pouco e que o parque ficava perto do heliporto então começamos a caminhar já tinhamos caminhado 15 minutos é claro que tinha uma criança, mas mesmo assim o site estava completamente errado, começamos a caminhar e quando pensávamos em desistir viamos a alegria do nosso Daniel e continuávamos a caminhar o que acredito eu que foram 40 minutos com uma criança de 4 anos só parando pra descansar uns 5 minutos e nem paramos pra beber água. Quando chegamos lá concerteza vale a pena, Daniel começou a correr e subir nos brinquedos o que foi bem estressante, pois estámos muito cansados e exautos. Depois ele resolveu ir num pula pula, mas só pude deixá-lo ir uma vez já que eles cobram muito caro pra criança brincar (R$ 10,00 por 7 minutos).  Foi bem legal tem muitos brinquedos, mas tem que levar uma grana boa, pois os restaurantes perto cobram uma fortuna e tem vendedores pra todo lado com algodão doce, brinquedos, pipoca, fora os pula pula e outros brinquedos pagos. A paisagem é ótima e tem pista para as crianças andarem de bicicleta que também é pago.
 
 Tiramos algumas fotos para vocês terem uma noção do local, pena que o sol não estava firme nesse dia.
 
Possui brinquedos bem diferentes do que vemos em parquinhos normalmente.

Esse foi o preferido do meu filho, pois podia subir e descer passar pelos buracos e etc.
 
Esse era bem legal, a criança escolhe um jeito de subir.

Esse brinquedo é bacana e bem educativo.
 
Esse brinquedo parece uma harpa e faz um som bem legal.

Tem brinquedos também de parquinho como balanços, trepa trepa, escorregas e muitos outros

Um que não pode faltar é o fraldário para os bebês
 
 
Na volta, pegamos um táxi e não foi caro tinha sido melhor se tivessemos pegado um até lá, pois poderiamos ter curtido mais.

Vantagens:
- Muitos brinquedos para todas as idades;
- Fraldário;
- Um local bem arejado, ao ar livre e dá pra criança correr literalmente;

Desvantagens:
- Dificil acesso;
- Poucos locais para almoço;

Dicas:
- Vá de carro;
- Leve bastante água, boné e etc;
- Se prepare para caminhar.


Nas férias do maridão vamos tentar ir lá novamente e aí posso contar com mais detalhes e fotos. Muitas saudades e espero que gostem.

Bjssssssssssssssssssssssssssssssssss, Dani Cardão;
 

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Desenhando

Nesse feriadão em que o sol sumiu de vez tentamos fazer de tudo para que o Daniel se divertisse ao máximo. Então como nesse dia iamos almoçar com os avós aproveitamos pra levá-lo a pracinha e depois a feira pra comer aquele pastel que não pode faltar. Como estava o tempo feio e um pouco frio e ele ja tinha subido e descido do escorrega, subido no trepa trepa e sem muitas opções e sem amiguinhos encontrei um galho e começamos a fazer desenhos na areia do parquinho e foi muito legal até o papai se entregou a brincadeira.


Já falei algumas vezes sobre desenhar no chão eu sei, mas sempre gosto de compartilhar com vocês nossas experiências e tenho várias outras que conto em breve é que Daniel está dodói denovo e não está podendo ir a escola por isso tô com pouco tempo livre, mas sempre que puder venho contar mais um pouco nossas experiências.

Bjsssssssssssssssssssssssssssssss, Dani Cardão.

sábado, 20 de outubro de 2012

Amarelinha dentro de casa

Esses dias estávamos em casa e Daniel achou seu tapetinho de EVA e resolveu montá-lo e espalhou tudo pelo chão a sorte é que foi no quarto dele, mas nem dava pra entrar. Ele estava sim arrumando encrenca e fazendo a maior bagunça. E me lembrei de um brincadeira legal e que já vi em lojas de brinquedos em que ela já vem pronta, mas como Daniel já tem muito brinquedo creio que só seria mais um pra ocupar espaço. Então pedi ao Daniel que me ajudasse a achar os números e comecei a montar uma amarelinha dentro de casa. Daniel sem entender apenas olhava pensativo e eu tentando montar de um jeito que ficasse legal. Naquele dia todo mundo pulou amarelinha, Daniel adorou e pulava, ria, saltava e tenho certeza que se divertiu muito.

 
 
Adoro momentos assim, pena que meu menino hoje está dodói e hoje foi um dia difícil e de leitura prometo contar mais.
 
Bjssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss, Dani Cardão.

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

O dia das crianças

Semana passada foram dias de muito sol e quando chegou no feriadão só chuva. Na quarta-feira estava um sol e derepente o tempo mudou e mias tarde foi só chuva. Nesse dia pra comemorar o dia das crianças antecipado voltamos lá na Pizza Carioca que conto mais aqui e aqui e nos esbaldamos na pizza, pois da última vez fomos num outro local que também é uma pizzaria, fomos tão mal atendidos que resolvi nem gastar um post com eles. Não tem jeito sabe quando desde a entrada até os garçons, pizzas quentinhas, os garçons brincando com seu filho e aquele ambiente familiar e aconchegante é dificil de encontrar. Daniel brincou a beça de espada com o pai e o garçom e foi hilário nem precisou de muito brinquedo para distraí-lo. rsrsrsrsrsrsrsrsrs.
A semana toda Daniel pedindo pra ir a praia e todos os dias do fim de semana não deu pra levá-lo, mas sei que embreve nós vamos. Então de dias das criança ele queria uma bateria e do homem aranha presente dos avós que tivemos que nos segurar pra entregar a ele e não acordar a vizinhança. Quando ele viu seus presentes nem acreditou e foi logo brincar. Foi uma manhã muito legal e como dia de criança não é dia de ficar em casa fomos ao shopping passear e ele pode brincar um pouco no parquinho. Foi muito bom, tanto que ele dormiu na volta pra casa.
E com vocês como foi o dia das crianças? 
 
Bjsssssssssssssssssssssssssssssssssssss, Dani Cardão.

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

meu menino crescendo e festa do dia das crianças na escola

Primeiro, gente como Daniel está crescendo e ele diz que é muito grande. Hoje, quis subir sozinho no ônibus, se sentou sozinho numa cadeira e até descer do ônibus ele quis ir sozinho. Fiquei orgulhosa e apreensiva, pois em geral os motoristas só esperam agente subir no ônibus pra andar e agente mal chega na roleta, mas demos sorte pois o motorista foi super paciente e só saiu depois que ele se sento, eu fiquei em pé ao lado dele pra segurá-lo, mas não vi um bebê e sim uma criança querendo aos poucos sua independência e acabei por vencida sentando atrás e sempre olhando e dizendo a ele o que não era pra ser feito e quando descemos eu disse a ele que estava muito orgulhosa dele. Como pode até ontem eu tinha que carregar ele no colo e agora não quer mais minha ajuda, sai andando sozinho sem ser de mãos dadas, tira a roupa sozinho e enfim perdi meu bebê.
 
Mudando de assunto e com os olhos cheios de lágrimas, a festa do dia das crianças foi com o Patati Patatá e ontem foi só animação, pena que foi só para as crianças, mas pela felicidade do Daniel deve ter sido uma experiência maravilhosa. Daniel disse que pisou no pé do Patatá, dançou, brincou, foi pro pula pula e ainda teve cachorro quente de lanche com suco de morango. E ainda tem outra festa das crianças semana que vem, mas nessa estarei presente então conto pra vocês depois.

Foto de uma amiga.


Bjssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss, Dani Cardão.

terça-feira, 9 de outubro de 2012

Cinema: Hotel Transilvânia

Esse fim de semana fomos ver o filme Hotel Transilvânia no cinema e adoramos o filme é um comédia com personagens de filmes de terror como drácula, frankestein, o homem invisível e etc. Daniel ficou meio nervoso no início por conta dos personagens, mas depois ele adorou quando entendeu que se passava de um filme bem engraçado. O filme é sobre um drácula que cria sua filha com muito amor, mas "prisioneira", pois nunca pode conhecer outro lugar a não ser onde mora. No seu 118 aniversário seu pai convida todos os amigos pra dar uma festa, mas sua filha tem outros planos e quando chega um humano no local tudo fica de pernas pro ar.
Confesso que é um filme para crianças a partir de uns cinco ou seis anos pra poder entender o filme, mas mesmo assim Daniel gostou principalmente das músicas e até dançou. Eu adorei o filme concerteza um dos mais engraçados que vi esse ano e até meu marido que não gosta de desenhos e só vê pelo Daniel adorou o filme.


Nesse site você encontra sinopse, fotos, jogos e muitas curiosidades sobre o filme, clique aqui.



Bjssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss, Dani Cardão.

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Jogo da memória

Daniel, está crescendo e está entrando na fase de jogos como o jogo da memória um que adoramos jogar e deixo como dica para o dia das crianças é o jogo da memória do Toy Story 3 que foi herdado da Duda e que ele amou.
Fonte da foto: Tower Toys
 
Esse jogo é bem legal e as peças tem um formato diferente das que estamos acostumados e são de madeira o que significa dificil de estragar além de coloridas e com os personagens do filme. Única desvantagem as peças soltam um pouco da madeira e faz um pouquinho de sujeira no chão, mas a brincadeira vale a pena.
 
Daniel e eu brincamos a beça foi a forma que inventei pra brincar com ele quando consigo adiantar as tarefas domésticas nós já jogamos dominó, quebra-cabeças e tem sido muito divertido ensiná-lo como jogar é claro que ele tem dificuldade com as regras e eu acabo cedendo as vezes, mas sei que com o tempo ele vai aprendendo. Outro dia fomos ao shopping e ele havia almoçado e começamos a jogar dominó acho que as pessoas em volta nem entenderam, mas nos divertimos muito.
 
Bjsssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss, Dani Cardão.

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Desenhando no chão

Hoje, chegamos muito cedo na porta da escola e sabe que criança parada esperando sempre arruma idéia e com Daniel não é diferente ele começou a jogar pedra pro alto e tive medo de ele se machucar, acertar em alguém ou até mesmo acertar no carro próximo dele, então me lembrei da minha infância que eu adorava escrever no chão com giz, mas quando não tinha giz era com pedra mesmo e eu fazia amarelinha, desenhava, escrevia e me divertia. Então começei a desenhar e Daniel adorou se sentou no chão e começou a desenhar também e foi um momento muito bom cada um desenhava e elogiava o desenho do outro e o tempo passou até que chegou uma amiguinha da sala dele e quis desenhar também e Daniel ainda  foi buscar outra pedra pra mim pra que agente continuasse a brincadeira. Desenhei, casas, barco, o número 8 que ele está aprendendo na escola, um coração e etc e ele desenhava todo feliz com a sua imaginação e quando eu percebi o portão se abriu e já estava na hora de entrar na escola. Adorei a brincadeira espero poder fazer isso mais vezes com ele.

Material:
- giz de quadro negro ou pedra;
- não necessita de papel a calçada é o limite.

Possíveis brincadeiras:
- Desenhar;
- Escrever;
- Brincar de amarelinha e use sua imaginação.


Bjsssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss, Dani Cardão.

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

A Volta ao Parque Shangai

Depois daquela vez quando Daniel tinha um pouco mais de dois anos toda vez que combinávamos nunca podíamos ir ou era um aniversário, ou chovia, ou alguém estava passando mal e etc. Dessa vez nem foi combinado meu sogro foi a missa e nos chamou pra ir com ele e levar o Daniel ao parquinho e ele disse na hora que queria ir mesmo sem saber aonde tava indo. Foi muito bom sempre gostava de ir a parques quando era criança fui várias vezes no irajá, uma ou duas vezes no parque Shangai, no Playcity no shopping de São João de Meriti umas três vezes e o último que tinha ido bem antes de conhecer meu marido foi na Nicolândia em Brasília. Então, sempre gostei muito aquele ambiente onde se vê a felicidade no rostinho das crianças, risadas pra todo lado, gritos nos brinquedos mais fortes, ou seja um ambiente familiar e ainda tem gente que faz festa lá. Daniel amou e dessa vez ele aproveitou bastante. brincou em vários e já que compramos o passaporte que dá direito a ir em todos os brinquedos e quantas vezes quizer ele se divertiu a beça.

Enquanto o Vovô foi a missa nós entramos fomos ao carrossel, Daniel foi nos carrinhos umas 4 vezes, depois ele quiz ir no Dumbo, mas eu tive medo de que ele se levantasse e caisse do alto, ele foi com o papai na Casa dos espelhos, andamos de trem, depois ele foi no trem de bebê, na piscina de bolinhas, uma última volta no carrossel e fomos no minhocão que eu disse a ele que era como se fosse uma montanha russa e ele adorou.  Pena que a hora voa e tivemos que voltar pra casa, no fim ainda dividimos o tradicional algodão doce e fomos embora com uma criança toda alegre contente e até contando pro Vovô do jeito dele onde ele brincou.

Abaixo deixo algumas fotos que tiramos dessa vez no Parque Shangai.
 
Fonte da Foto: Danielle Cardão

Fonte da Foto: Danielle Cardão
Fonte da Foto: Danielle Cardão

Fonte da Foto: Danielle Cardão
Fonte da Foto: Danielle Cardão
 Bjsssssssssssssssssssssssssssssssssssss, Dani Cardão.

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

6 anos de casamento

No domingo, fizemos 6 anos de casados que de acordo com meu marido são bodas de açúcar e queria aproveitar pra contar um pouco nossa história tudo começou na faculdade, mas pra mim eu estava numa complicação, pois meu pai morreu quando eu estava no meio do segundo semestre da faculdade e minha vida virou de cabeça pra baixo, eu vivia com a minha mãe no pan quase todo dia, pois ela chorava muito e sua pressão subia. Então naquele período eu reprovei em quase todas as matérias e depois de 1 ano e pouco começaram a jogar verde pra cima de mim que tinha alguém que gostava de mim e depois ele veio se declarar, mas até então só o conhecia de vista e eu tinha problemas maiores. Conversei com a minha mãe e ela disse que eu desse uma chance pelo menos de nos conhecer nosso primeiro encontro foi no cinema, mas tinha muita gente e nem sequer conseguimos conversar. Então começamos a nos conhecer através do msn e ai o segundo e terceiro encontro foram melhores e podemos nos conhecer melhor. Até que um dia meu marido já estava quase desistindo quando eu rescolvi aceitar o namoro, pois até ai agente só conversava e não tinha rolado nada. Depois logo começamos a namorar e foram mais de 2 anos até que ficássemos noivos, pois agente tinha a formação, mas não tinhamos trabalho. Quando ficamos noivos marcamos a data para dali a um ano e foi uma correria passamos por muita coisa primeiro a minha cirurgia na visicula e depois a de Cancer da minha sogra que foi ao casamento ainda muito fraca, pois a cirurgia dela deu muita complicação. Foi muita luta até o dia do casamento que as vezes pensei que não aconteceria por conta de tanta coisa que aconteceu naquele período. Nos casamos viajamos com o dinheiro da gravata e foi uma viagem inesquecível, antes de meu marido voltar eu comecei a trabalhar e ai começou as dificuldades com dinheiro, pois demorava muito a receber as vezes até 4 meses e só com o dinheiro do meu marido ficou complicado. Aí depois de um ano eu passei muito mal e fui para o hospital e a doutora pediu que eu fizesse exame para saber se eu estava grávida, mas foi um alarme falso que até aquele momento eu nem pensava em ter filhos, mas com o que aconteceu meu desejo aflorou e depois de 6 meses resolvemos tentar, mas pela pressão que eu fiz. Eu não podia ver uma bebê ou uma criança um carrinho de bebê ou roupinhas cheguei até a comprar um casaquinho mesmo não estando grávida. Depois de quase três meses veio a noticia, eu já estava achando que não ia acontecer, eu estava grávida. Ai fizemos pré-natal e descobri que eu estava com a pressão alta então tinha que ir a cada quinze dias para uma consulta com a obstetra e meu trabalho ficou complicado, pois eu tinha que ir a vários médicos e acabei por parar de comer besteiras e comecei a levar marmita e parei de me tratar só não deixei de ir na obstetra a cada quinze dias. No fim deu tudo certo, meu Daniel nasceu e com a ajuda da minha mãe, minha avó e do meu marido consegui lidar com os momentos mais dificeis como amamentar, dar banho e etc. Quando Daniel estava com 5 meses nos mudamos pra onde moramos até hoje e foi muito dificil no início, pois fico muito sozinha, mas procurava sempre ficar pertinho do meu menino pra que eu não ficasse pensando besteira. Nós nos arrumamos e procuramos fazer de tudo para que o Daniel tivesse bem, comprávamos alguns brinquedos para estimulá-lo como o tapete de EVA, onde ele passava um bom tempo brincando. Nosso casamento passou por alguns momentos dificeis e minha vó caiu teve que operar a perna, minha sogra voltou com outro cancer, o cancer do meu sogro, a alergia do Daniel e etc. Nossa vida nunca foi um mar de rosas, mas procuramos sempre respeitar um ao outro, dividir algumas tarefas, sempre demonstrar o nosso amor um pelo outro e tentar sempre que possível se divertir em família.
 
Meu Grande Amor, Te amo muito e infinitamente e espero que fiquemos juntos para sempre.
 
Bjsssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss, Dani Cardão.

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Pappizo Pizzaria

Olá, ontem fomos passear com a familia do meu marido pra comemorar nossos seis anos de casados e o aniversário do meu cunhado que foi essa semana. Daniel estava um pouco enjoado, pois dormiu no carro durante o trajeto. Chegamos lá, fomos muito bem atendidos arrumarram imediatamente uma mesa para nós. Tinha um garçon que nos atendeu bem ele até é chará do meu filho. Fizemos o pedido e não demorou muito a chegar, eu acordei o Daniel a duras penas e ele nem ai pra mim. Quando chegou o almoço consegui entretê-lo com um brinquedo que a minha cunhada deu a ele e Daniel mesmo com sono comeu a comida. Pedimos picanha com arroz, fritas, farofa e porção de feijão estava uma delicia tudo quentinho, a batata frita bem gostosa e depois eu não resisti e tomei um sundae de chocolate e flocos com calda de chocolate. O restaurante tem um ambiente amplo, tranquilo, mas não tem atrativo para as crianças e o segundo andar estava em obras. O cardápio é bem variado com carnes, massas, pizzas, sobremesas e etc. Daniel e a Duda brincaram bastante com a calculadora que a Duda tem e conversaram usando a imaginação. Ficaram brincando com uma porta trancada dizendo pra chamar a polícia pra abrir a porta, pois tinha uma moeda do lado de fora que eles queriam pegar. No fim Daniel chorava e dizia eu te amo dudinha que partiu meu coração enquanto eu tentava acalmá-lo.
 
Vantagens:
- Ótimo atendimento;
- Comida fresquinha, bem servida e sem demora;
 
Desvantagem:
- Não ter um atrativo para as crianças.
 
Av. Geremário Dantas, 1180 - Freguesia

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Falando mais e crescendo

Quem sempre acompanha aqui meus posts sabe que Daniel que está com 3 anos e 10 meses agora, estava com muitas dificuldades em falar e até formar frases inteiras e a Pediatra sugeriu que esperássemos ele fazer 4 anos, mas vejo que talvez ele nem precise ir a fono, pois Daniel há alguns dias está falando explicadinho, até palavrão eu já ouvi é claro que ele tem algumas dificuldades em falar, mas creio que serão superadas com o tempo. Agora ele diz "Mamãe, tô morrendo de fome", tá certo que as palavras ainda são um pouco enroladas, mas ele já cria frases próprias e faz agente se surpreender a cada conversa.  Essa semana ele disse que está ficando muito grande e quando tem tipo algum brinquedo no shopping que eu digo que ele é pequeno ele me contradiz e fala que ele é muito grande. Pode uma criança que ainda nem fez quatro anos dizer pra mim quando olha pro bunguejump dizendo que ele é muito grande e pode ir no brinquedo. Agora tenho me estressado bem menos e ele também por conseguirmos nos comunicar melhor e entender o que ele está falando.
Acho que tô perdendo meu bebê ele está crescendo rápido e cada vez mais independente. Já calça chinelo e tênis sozinho, já tira a roupa sozinho, vai ao banheiro sozinho, mas sempre vou lá ver se tá tudo bem, lava as mãos sozinho, acho que ele já sabe até colocar o filme no dvd pra assitir e por ai vai...
 
Bjssssssssssssssssssssssssssssssssss, Dani Cardão.

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Pintura em tela

Meu Daniel andava aborrecido, resmungão e só querendo a minha atenção então resolvi fazer uma surpresa como no ano passado ele havia ganhado duas telas, com tintas, avental e etc e acabamos usando as tintas e as telas ficaram pra outra oportunidade. Então como eu comprei algumas tintas guaches aproveitei a oportunidade e dei a ele uma e fiquei com a outra. Foi maravilhoso, a carinha dele de felicidade fazendo arte e ele fica todo feliz quando vê os quadros e eu que estava ansiosa com a pintura consegui me acalmar e aproveitar o momento.

Material:
- muitas tintas guaches, de preferência uma de cada cor;
- pincel;
- copo com água pra lavar o pincel;
- tela;
- avental se necessário.

Nessa foto a bagunça forma tiramos as tampas das tintas e Daniel passava o pincel e esquecia de limpar com a água e aí as tintas ficaram desse jeito.
Fonte da Foto acima: Danielle Cardão
 Meu pequeno artista pintando.
Fonte da Foto acima: Danielle Cardão
Esse foi o que eu pintei, confesso não sou nenhuma artista e sei que não levo jeito pra isso.
Fonte da Foto acima: Danielle Cardão
Esse último foi o Daniel quem pintou e ficou lindo, né?
Fonte da Foto acima: Danielle Cardão
Adorei a experiência já que foi a primeira vez que pintamos dessa forma e vocês o que fazem quando seus filhos estão entediados?

Bjssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss, Dani Cardão.

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Sorvete Itália

Fonte da foto acima: Norte Shopping
 
 
No dia do meu aniversário fomos ao shopping almoçar e Daniel foi ao parquinho comigo e pra convencê-lo a sair eu prometi um sorvete acho que ele piorou por causa disso. Quando saímos o levei ao Mac Donald´s e ele disse que não queria aquele sorvete que queria de uva e eu olhando meia incrédula pra todos os lados e não tinha nenhum lugar na praça de alimentação que tivesse esse sorvete. Então meu marido deu a idéia de descermos a escada e ver se achávamos alguma coisa e foi ai que eu me lembrei de uma sorveteria que tem nesse shopping e que teria o sorvete, mas andava um pouco e Daniel já estava chorando, pois eu tinha prometido, né? Ainda o carreguei no colo um pouco e quando chegamos lá a primeira coisa que ele disse "sovete de uba, mamãe", ou seja sorvete de uva e compramos um de uva pro Daniel, um de chocolate pro papai e eu tomei um de chocolate diet que é uma delícia. Daniel ficou sentado naqueles bancos altos tomando seu sorvete todo feliz e agente ali saboreando os nossos e babando por ele já estar crescido e conseguir tomar o sorvete sozinho sem ajuda pra segurar. Na sorveteria  com o nome Sorvete Itália que fica no Norteshopping tem uma variedade boa de sorvetes, tem no palito e aqueles pra colocar no copinho ou casquinha com vários sabores, não sei se tinha diet desses últimos. Mas, pra quem está com dieta de controlar a quantidade de açúcar ingerida pode tomar o super diet que tem três sabores: chocolate, coco e o outro eu não me lembro.
 
 
Concerteza vale a pena, não custa caro, tem muitas promoções levando mais de um picolé, por exemplo e um ótimo atendimento.
 
Norte Shopping

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Um joguinho legal

Fonte da foto: Danielle Cardão

Fonte da foto: Danielle Cardão

Esse jogo, foi herdado da prima que ganhou de aniversário e deu ao Daniel e ele adorou. O nome do jogo é Va ve vi vogais da Brinquedos Toia eu tirei as fotos acima pra vocês terem uma idéia de como é o jogo. Na caixa a faixa etária é a partir de 4 anos e as peças se encaixam perfeitamente. Um jogo que ensina as vogais de um jeito bem legal e divertido com figuras que começam com a determinada vogal, por exemplo a letra e tem escada como uma das figuras que encaixam na cartela e por ai vai. Daniel se divertiu bastante e gostou muito, mas ele sente dificuldade em saber onde encaixar e como as peças são finas e não tem cor ou qualquer diferença ele se sente inseguro, mas com o tempo e brincando mais vezes tenho certeza que essa insegurança vai embora.

Vantagens:
- Um jogo bem educativo;
- bem colorido;
- As vogais são destacadas e você encaixa as figuras que comecem com aquela determinada letra.

Desvantagem:
- Peças muito finas e as cartelas podem se desfazer com o tempo.

Jogo: Va ve vi Vogais
Brinquedos Toia.

Bjssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss, Dani Cardão.

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Meu aniversário

No sábado, foi o dia do meu aniversário e desde que me lembro é o dia que eu mais aguardo durante o ano, me lembro que quando eu estava no ginásio quando faltava um mês eu começava a contar os dias para a chegada do meu aniversário e escrevia no caderno ao lado da data, eu pedia a minha mãe pra fazer um bolo e chamar alguns colegas da rua e as vezes vinha da escola também. Uma mesa com uma toalha bonita, um bolo simples, salgadinhos, docinhos, música de alguns cds tipo xuxa e etc e o resto era a nossa animação, minha mãe enchia algumas bolas e enfeitava a sala. Depois que cresci a decoração era assim sem as bolas, nunca teve animação, brinquedos e nunca pode ser num salão de festas. Mas sempre adorava, mas depois que Daniel nasceu tudo mudou e meu aniversário passou a ser mais um dia especial no calendário junto com o do meu marido e o do Daniel. Mas esse ano foi diferente na véspera passamos uma noite de cão com Daniel cheio de febre, de manhã tive meu presente especial, meu filho e marido cantando parabéns pra mim, deu um abraço na minha mãe e avó e tive a notícia do câncer da minha sogra que ainda temos que esperar pelo médico, depois fomos ao shopping comprar meu presente, pois não havia dado tempo antes e eu pude escolher com calma. Almoçamos em família e meu Daniel querendo ir ao parquinho nem comeu direito e meu marido achou melhor levá-lo e ficamos lá um tempão e meu sogro ligou dizendo pra gente ir lá na casa deles a noite, pois ele compraria um bolo e ai meu Daniel quiz tomar sorvete e depois conto pra vocês com calma. Voltamos pra casa, Daniel piorando e a noite fomos a casa dos meus sogros e Daniel dizia quero ir no seu aniversário mamãe. Teve bolo, refri e salgadinhos, mas foi comprado com tanto carinho que me deixou muito feliz, mesmo nervosa com o Daniel. A noite Daniel não dormia e voltou a febre que só passou depois do banho de 15 minutos. Ontem o levamos na emergência e diagnosticado sinusite e um pouco de catarro no pulmão e agora vamos cuidar dele.
 
Bjsssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss, Dani Cardão.

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Entrevista

Oi, gente essa semana foi muito atribulada, por um problema meu de saúde e estava com uma novidade saindo do forno pra contar pra vocês. Eu tive a oportunidade de fazer uma entrevista com Stefane Braga do Portal Vila Mulher do Portal Terra e o assunto não podia ser outro Bolsa de Mãe é depósito da família que fiquei muito feliz em escrever e foi maravilhoso. Se quizer ver a matéria clique aqui. Vou colocar aqui um pouco da matéria para vocês terem uma noção de
como foi:

"Eu não consigo sair de casa sem uma muda de roupa para o meu menino. Minha bolsa é cheia de brinquedos, lápis, canetinha e tem até caderno...."

"Certa vez fui ao dentista e, na correria do dia a dia, peguei uma bolsa, coloquei a carteira, meu celular, guarda-chuva e sai de casa. Quando cheguei ao consultório, assim que abri a mesma para pegar os documentos, encontrei um desenho que Daniel tinha feito no parquinho dias atrás e comecei a rir".

Obrigada a Stefane pela oportunidade e obrigada a vocês que me visitam sempre e fazem essas ótimas oportunidades aparecerem para mim.

Bjsssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss, Dani Cardão.

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Festa como deveria ser

Há uma semana fomos ao aniversário do filho de um amigo do Papai e foi bem legal. Foi num salão bem simples, num terraço adaptado. Mas, a festa foi ótima, pois podemos relaxar enquanto ele corria e brincava por entre as crianças. Não havia brinquedos, animação era feita por uma pessoa da família e sem direito a brindes, mas mesmo assim as crianças estavam animadas. Além do pai do aniversariante que era o dj com músicas atuais para divertir a criançada. Como o menino fez 12 anos então a festa estava cheia de crianças e adolescentes e os adultos eram muito poucos. E Daniel era o menor no meio daquela farra toda. Você as vezes vai a uma festa e os convidados ficam sentados, as crianças vidradas nos brinquedos e jogos pelo salão e não tem aquela verdadeira farra que é conhecer outras pessoas, brincar, conversar, se divertir e etc. Os pais do aniversariante alugaram uma fonte de chocolate que foi a tentação entre adultos e crianças até eu mesma que não devia experimentei morango com chocolate e estava muito bom. Na hora das brincadeiras foi aquela farra teve dança da cadeira uma 4 vezes e estátua. Daniel no meio daquela criançada corria, pulava, dançava, brincava parecia um passarinho que vivia preso e foi solto. Eu atrás dele com um copo de água pra hidratá-lo e tentando convencê-lo a comer algo, mas já havíamos dado a janta a ele. Pena não podemos ficar até o final, pois meu marido tinha que trabalhar no dia seguinte.
Esse post é pra nos fazer pensar no que mudou em nossas festas.
Na minha infância, minha mãe fazia um bolo com recheio de doce de leite botava brigadeiro e granulado em volta e eu enfeitava com jujuba e vinha alguns amigos da escola, da rua e as vezes muito dificilmente algum primo aparecia. Mas mesmo assim agente brincava, ouvia música, conversava e durava cerca de uma hora ou duas e todos voltavam pra casa cheio de histórias pra contar e com um bom lanche. Não havia lembrancinhas, eu enchia algumas bolas e colocava pela sala e teve um ano que eu encontrei uma do palhaço e fiquei toda feliz como se fosse algo especial. A mesa tinha o bolo e minha mãe fazia uns doces, fazia pipoca e salgadinhos e era a nossa festa. Numa das vezes eu enchi uma bola com balas pra estourar depois do parabéns e fiquei junto com as outras crianças pra catar aquelas balas. Me lembro de uma festa em que eu já tinha uns 9 anos, mas eu já tinha corpo de mulher e na minha cabeça eu ainda era uma criança eu fiz a minha avó e meu irmão se sentarem perto do bolão para que os brinquedos que caíssem na hora de estourar pulassem pra perto de onde estávamos dessa vez me lembro de pegar uma apito que era um anel e tinha uma boca e meu irmão pegou um carrinho. Os únicos problemas de ficar embaixo do bolão na hora de estourar é que as pessoas se batiam, empurravam e as vezes continha farinha dentro o que era uma crueldade com as crianças. E você se lembra das suas festinhas? Me contem.
 
Bjssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss, Dani Cardão.

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Cine 6D Adventure

Fonte da foto acima: Carioca Shopping
 
 
No domingo após o almoço o cunhado do meu marido ofereceu pra gente ir ver nesse brinquedo chamado de Cine 6D Adventure e aceitamos. Daniel, ficou todo animado e quando entramos descobrimos que só tinha a opção de trem fantasma, mas eu sabia que não daria certo e Daniel iria ficar com medo e se eu saisse com ele fariamos uma desfeita, então já que estávamos lá dentro vamos ver. O aparelho é uma espécie de caixa que faz vários movimentos durante a exibição do filme. Dentro é tudo escuro e tem cadeiras com cinto de segurança tinha os óculos especiais, sendo que Daniel foi no meu colo então segurei ele forte, mas quando começou ele ficou nervoso e também não era pra menos eu conversava com ele que era de mentira, que era só um filme como no cinema, mas com aqueles sons, vento e outros efeitos especiais ele começou a pedir pra sair, mas não tinha como então falei pra ele fechar os olhos, mas nada o acalmava. O filme acabou e ele tremia tanto e até hoje ele fala de todos os "personagens" do filme e ele disse que teve muito medo. Eu gostei achei bem real me lembrei daquele simulador que tinha no antigo Terra Encantada, mas acho que deveríamos ter sido avisados do filme antes de ser pago né?
Bom não sei as outras opções de filme então perguntem antes de pagar pra que as crianças não fiquem que nem o Daniel tremendo de medo.
 
 
Bjssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss, Dani Cardão.

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Restaurante La Mole

No domingo, mais um almoço em família dessa vez com os Tios e a Prima Duda. Nós fomos ao Restaurante La Mole no Shopping Carioca. O restaurante é pequeno e só tinha lugar no andar de cima onde o tem o cardápio. Escolhemos um espaguete a bolonhesa para as crianças e cada um escolheu o que queria e meu marido e eu dividimos um Contra filé que era pra dois, mas serviu três, pois Daniel começou a reclamar do queijo em cima do macarrão e não quiz comer de jeito algum, mas quando eu já estava com medo de ele não comer nada veio nossa comida e ele começou a pedir arroz, e como o nosso prato vinha carne. linguiça, arroz, farofa, batata frita e banana eu separei um pouco de cada coisa e ele comeu a beça fiquei toda orgulhosa e os tios trouxeram joguinhos pro Daniel que a Duda não usa mais e foi a distração dele e depois começou a brincar com alguns brinquedos que eu trouxe  e quando viu a Duda jogar no celular do pai eu cheguei até deixá-lo mexer no meu, mas como o jogo era diferente ele se sentou ao lado dela e começou logo a jogar como se não fosse sua primeira vez, pode isso?
O restaurante é bem aconchegante, não tem brinquedos pra criança e acho que faltou no cardápio um prato mais para crianças. O atendimento é ótimo e não demora muito para a comida chegar, mas o preço é bem salgado. A comida é um delicia, bem quentinha com tempero no ponto nem muito sal nem pouco e aquela batata frita foi a melhor que eu já comi, nem se fala no arroz bem soltinho e quentinho, a carne é que podia ser mais bem passada, mas mesmo assim estava uma delicia e como sobrou macarrão comi um pouco e estava bem gostoso.
 
Vantagens:
- Comida bem quentinha e fresquinha;
- Não demora pra chegar na mesa;
- ótimo atendimento;
- pequeno, mas com um bom espaço entre uma mesa e outra.
 
Desvantagens:
- preço;
- a falta de um prato infantil.
 
 
Carioca Shopping
 
Bjssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss, Dani Cardão.

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Conversa com Daniel

Meu Daniel está com 3 anos e 9 meses e fala pouco e quase tudo enrolado me disseram até pra levá-lo na fono e eu disse que ainda não era hora, pois Daniel só começou a falar palavras e a formar frases após ter começado a frequentar a escola no início desse ano. As vezes vejo outras crianças até mais novas do que ele falando explicadinho, mesmo enrolando dependendo da palavra e fico um pouco triste. Após ouvir tantos comentários, sendo que a escola ainda não se pronunciou a respeito eu fui a pediatra pra consulta de rotina e disse a ela como ele estava falando e se comportando e ela disse pra esperar ele fazer 4 anos e ver o que vai acontecer. Então resolvi que o melhor era o que meu coração de mãe coruja estava me dizendo vamos aguardar o desenvolvimento dele.

Eu percebo a cada dia que ele procura imitar a nossa pronúncia, mas ele fica cansado e diz mamãe mais eu quero falar do jeito que eu sei. Procuro não forçar quando ele não quer mais tentar eu falo correto e não exijo demais.

Toda vez que vou a casa da minha mãe ele dorme no caminho de volta quando vamos a escola, pois ele acorda entre 4 e 5 horas da manhã todo dia e duas vezes na semana vamos a casa das Vovós(Vovó e Bisa) aproveitando a carona do vovô de madrugada aí ele faz uma farra com as Avós e mais tarde ele almoça, toma banho, visto ele, dou uma mamadeira, arrumo a mochila e lancheira e as vezes tem carona do vovô e quando não tem eu levo ele de ônibus a escola e quase sempre ele dorme no caminho que leva cerca de 20 a 30 minutos. Essa semana meu sogro não pode me buscar e a Diretora veio me perguntar porque estava acontecendo isso e eu disse a minha rotina e mesmo quando não vamos ele sempre acorda cedo, por exemplo até agora são 05:40 ele ainda não acordou por conta de uma festinha que fomos ontem, mas sei que não vai demorar, mas também ele geralmente dorme entre 7 e 8 horas da noite. Então depois dessa conversa na quinta-feira resolvi não deixá-lo dormir, nós viemos da casa das vovós de ônibus e quando vi que ele ia dormir resolvi conversar com ele, pois eu achava que era bom ele tirar um soninho, mas a escola acabava não conseguindo acordá-lo e ele dormia quase duas horas. Eu comecei a perguntar o que ele fazia na escola, o nome dos amiguinhos, quem foi a escola no dia anterior, se ele bate no amiguinho, porque ele bate nele e parecia mais briga de amiguinho na escola, depois ele quase dormiu e comecei a disse não dorme vamos conversar ai eu perguntei se tinha brinquedo na sala e ele disse que sim, mas que não sabia dizer qual era e eu perguntei da piscina de bolinhas e ele disse que alguém quebrou, após perguntei tem livrinhos de história na sua nova salinha e ele respondeu que sim até que eu perguntei quais eram e ele não sabia dizer então perguntei tem: João e Maria, Branca de Neve, os três porquinhos e ele respondia que sim até que eu falei nos três porquinhos, pois ele me contou que uma amiguinha tinha rasgado o livro e eu perguntava se ele não contava a história pra Tia e ele dizia mas o livro ta rasgado.

Conclusão ele não dormiu e ficou bem até a noite e tenho percebido como seu vocabulário aumenta a cada dia e como ele fala cada vez mais claro mesmo trocando alguma letras e esquecendo outras. Desculpem pelo texto enorme mais hoje eu estava inspirada.

Bjsssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss, Dani Cardão.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...